25 de ago de 2009

Cerâmica de Santarém


















Estátua antropomorfa da região de Santarém, PA, exposta na 4ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul.



Os sítios da cultura Santarém distribuem-se ao longo da margem direita do Rio Amazonas na confluência com o Tapajós, no limite entre a terra firme e a várzea. A cerâmica Santarém possui formas elaboradas: vasilhas fechadas com gargalos cônicos verticais, pedestais e apêndices, além de tigelas abertas sustentadas por cariátides. A decoração em geral é plástica, associadas a padrões de pontos, incisões e apliques de elementos modelados, zoomorfos, antropomorfos e antropo-morfos. Dentre as representações de animais, distinguem-se o jacaré, a cotia, o macaco, o morcego, o favião e o urubu. Essa cultura também se caracteriza pela produção de estatuetas cerâmicas antropomorfas e de pequenos amuletos zoomorfos de pedra polida, os muraquitãs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário